Se ninguém fala…

Outra vez na história desse país a palavra “golpe” foi dita e repetida continuamente por dias e dias em absolutamente todos os veículos de comunicação e até nas mídias estrangeiras. Antes disso, só mesmo Teixeirinha fez o brasileiro ouvir essa palavra por tantas vezes com o seu “o maior golpe do mundo… que eu tive na minha vida…”. Será que a presidente Dilma se inspirou em Teixeirinha para repetir por tantas vezes essa palavra?
Mas quem estava aplicando “golpe” e quem estava sendo “golpeado”? Quem prometeu colocar todas as crianças de 4 a 5 anos nas creches mas cortou a verba do Ministério da Educação para a construção das mesmas? Quem prometeu fazer a economia voltar a crescer, mas colocou o país na mais grave recessão só comparável à da década de 30? Quem prometeu controlar a inflação, mas deixou-a ultrapassar os dois dígitos? Quem prometeu não elevar os juros, mas os elevou a uma das maiores taxas do mundo? E a redução nas contas de luz, o que houve? Apenas um aumento médio de mais de 40{0745c43c0e3353fa97069a60769ee4ddd8009579514cad9a011db48d81360048}. A promessa de não aumentar impostos resultou em mais impostos, inclusive na tentativa de taxar até a internet. E a promessa de assegurar os direitos trabalhistas nem que a vaca tussa? A vaca não tossiu, mas 18 bilhões em benefícios foram cortados do orçamento. Manter o emprego e a renda foi o mesmo que garantir que 11 milhões de brasileiros fiquem desempregados e a maior queda nos rendimentos de quem ainda conseguiu preservar o emprego. Ampliar o acesso à saúde foi o mesmo que cortar 12 bilhões nos investimentos e piorar o que já era caótico. Pré-sal ninguém ouve falar mais.
Mensalão, petrolão, lava jato, empreiteiras, doleiros, contas no exterior, offshores, roubalheira generalizada… O maior golpe do mundo foram os treze anos de governo de um partido que pregou a ética e se desviou tanto dela que ficou insuportável. Um partido que se dizia verdadeiro mentiu tanto, enganou, desviou, corrompeu e deixou-se corromper… Será que o impeachment foi realmente um golpe contra Dilma Vana Roussef ou foi o ex-presidente Lula que aplicou antes um golpe na presidente? E ambos aplicaram no povo…
Apesar de todos esses golpes, o povo brasileiro trabalha. Prova disso foi o sucesso mais uma vez alcançado na Serigrafia Sign Future Textil esse ano. Toda feira é a maior oportunidade de marcar presença junto aos clientes e fornecedores, o que por consequência traz benefícios ao setor. E os números alcançados ao longo do evento são um demonstrativo claro de que com ou sem golpe, o segmento de Serigrafia e Comunicação Visual no Brasil vai muito bem e em expansão. Parabéns aos organizadores, expositores e visitantes torcendo para que a edição 2017 seja coroada de muito maior êxito.

Sinval Lima
sinval@brisk.com.br

pt_BRPortuguese

Receba nossas News

Deixe seu melhor email